Curiosidades

Pé Torto Congênito - Orientações sobre a órtese

ESTA É A TERCEIRA FASE DO TRATAMENTO. E O SEU SUCESSO DEPENDE DOS PAIS E RESPONSÁVEIS 

A órtese

A órtese é o aparelho que o seu filo vai usar para evitar que a deformidade dos pés volte. Ela começa a ser usada logo após o termino do tratamento com o gesso.

Quanto tempo usar?

Nos três primeiros meses: a órtese deve ser usada por 23 horas por dia, só deve ser retirada para tomar banho e trocar de roupa, ou seja, você vai escolher uma hora por dia para os eu filho ficar sem a órtese.

Após este período, a órtese será usada por cerca de 14 a 16 horas ao dia, (12 horas a noite e de 2-4 horas a tarde durante as sonecas) até os quadro anos de idade.

 

 

Brincadeiras com o seu filho

Ensine o seu filho a chutas com as duas pernas ao mesmo tempo.

Conte histórias sobre os “sapatos mágicos”, cante ou toque músicas agradáveis durante a colocação da órtese.

Lembrasse que o seu filho tem que ser familiarizar com a órtese, ela irar fazer parte da infância dele até os 4 anos de idade, logo, ele tem que gostar de usar-la.

 

 

Como colocar?

Caso o seu filho for acometido por um dos lado, sempre comece a colocação da órtese pelo pé que foi tratado, caso o seu filho tenha o diagnóstico de pé torto congênito bilateral, não tem importância de qual lado irá começar.

Primeiro posicione o pé do seu filho no início da órtese conforte a figura 1, em seguida arraste o pé da criança ate o fundo da órtese conforme a figura 2, com auxilio da outra mão, segura firme o pé da criança na posição e aparte a tira do meio bem firma para deixar o pé na posição correta conforme a figura 3.

Em seguida aperte a fita da ponta do pé conforte a figura 4.

 

 

 

 

 

 

Em seguida aperte a fita do tornozelo conforte a figura 5.

Repita o mesmo processo com o outro pé, conforme a figura 6.

E por ultimo verifique sempre se os calcanhares estão bem encostados no fundo da órtese através do orifício posterior da órtese, nesse caso o calcanhar tem que estar sempre visível, conforme a figura 7, caso contrario deve-se retirar a órtese e repetir o processo.

 

 

 

 

 

 

 

Acesse também: Pé torto congênito: O que é?

Pé torto congênito: Cuidados com o gesso

Agende uma consulta com
o Dr. Medre Henrique